• Lu

É muito caro fazer uma viagem volta ao mundo?

Atualizado: 19 de Fev de 2019

A resposta é a famosa: Depende! Mas depende do quê?

A resposta é a famosa: Depende! Mas depende do que?


Vários fatores: quantas pessoas estarão viajando, países que serão visitados (o gasto de 1 mês nos Estados Unidos dá para passar 3 ou 4 meses na Índia, por exemplo), o valor do dólar, e claro, o estilo de viagem que se deseja fazer. Pode custar muito pouco (para quem trabalha em troca de estadia, por exemplo) ou custar muito muito (para quem só se hospeda em hotel, come majoritariamente em restaurantes, etc).


Para se ter ideia do range de valores desses diferentes tipos de viagem, sugerimos a tabela do site ViraVolta, que calcula a ordem de grandeza (em dólares, por pessoa) de acordo com o estilo do viajante. Segue o link: http://projetoviravolta.com/dicas-para-viajar-o-mundo/quanto-custa-viajar-o-mundo/


No nosso caso, apesar de sermos 4 viajantes, consideramos em orçamento 3 pessoas, pois as 2 crianças acabam contando como 1 adulto (a não ser em passagens aéreas, pois ambos já pagam a tarifa criança que é quase igual a de adultos). Escolhemos um misto de países baratos e médios, e os países caros pretendemos fazer somente passagens mais rápidas ou trabalhar em troca da estadia. No caso de estadias e alimentação, estamos buscando as mais simples, mas sempre com um nível mínimo de segurança e conforto por conta das crianças, o que encarece um pouco mais do que se estivéssemos viajando só em casal.


No fim das contas, o orçamento de nossa viagem (que terá 14 meses) deu exatamente igual a quanto gastamos em 14 meses em São Paulo. Ou seja: para nós, está sendo como trocar os gastos que temos hoje por outros, sem tirar nem por. Claro que com a premissa de não estarmos recebendo salário durante o período de viagem e por um tempo após a volta, até retornarmos ao mercado de trabalho.


Não temos como afirmar com certeza se esse é um bom planejamento porque ainda não botamos o pé na estrada, e só o dia a dia irá nos mostrar se a realidade estará coerente com o que colocamos na planilha. Já conversamos sobre possíveis ajustes de rotas, e planos A, B, C que poderíamos tomar, e acreditamos que isso faz parte da viagem também. Planejar, para nós, é importante para ajudar a enfrentar os medos que planos como esse nos trazem, mas vamos de peito aberto para possíveis ajustes de roteiro, tempo e planos!


Para quem desejar mais detalhes de nosso orçamento, planilhas e formas de organização, ficaremos felizes em ajudar, é só entrar em contato que responderemos assim que possível. Fazemos isso com muita alegria e até como forma de retribuição aos viajantes que nos precederam, e que nos ajudaram com suas experiências financeiras, nos confiando suas planilhas e valores reais. Além de balizarem nossas contas, captamos deles também a seguinte impressão: “O orçamento varia de viajante para viajante, mas entre eles existe um consenso - o retorno sobre o investimento é sempre incalculável!”


Atualização: No momento estamos no 3o destino do roteiro (3 meses de estrada), e economizamos 5% em relação ao orçamento! Viva nóis! :)

547 visualizações

@ 2018-2019 Mochilão com Mochilinhas

  • b-facebook
  • Instagram Black Round
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now